Associados

APSEI

A APSEI é o interlocutor institucional das empresas e profissionais de Segurança Electrónica, Segurança no Trabalho e Protecção contra Incêndio em Portugal. A intervenção da APSEI no mercado tem-se feito no âmbito da defesa dos legítimos interesses das empresas e dos profissionais da Segurança designadamente através do diálogo permanente com os órgãos de Poder e instituições públicas. Desde a procura das melhores soluções para os problemas do sector, passando pelo auscultar da opinião e dos problemas específicos dos empresários e técnicos e terminando na multiplicidade de serviços de que os Associados podem beneficiar, a APSEI oferece uma importante mais-valia a todo o sector.

A ET como empresa de destaque em Protecção Activa Contra Incêndios, Protecção Passiva Contra Incêndios, Segurança Electrónica e Segurança no Trabalho, desde 2007 é empresa Associada da APSEI.

AERLIS

A AERLIS - Associação Empresarial da Região de Lisboa, é uma Associação sem fins lucrativos, de utilidade pública que actua em seis eixos principais:
  • Informação;
  • Formação;
  • Prestação de Serviços;
  • Internacionalização;
  • Promoção do Desenvolvimento Regional Integrado;
  • Representação dos Interesses dos Associados.

A AERLIS é Vice-Presidente do Conselho Geral da CIP – Confederação Empresarial de Portugal e da BECC - Organização que representa as Associações Empresariais das Capitais Europeias, integrando vários Conselhos na CIP, nomeadamente:
  • Conselho Estratégico Nacional de Ambiente;
  • Conselho Estratégico Nacional de Energia;
  • Conselho Estratégico Nacional da Construção;
  • Observatório do Desenvolvimento das Relações de Trabalho.

UACS

A União de Associações de Comércio e Serviços é uma Associação de direito privado, sem fins lucrativos e de utilidade pública.
Desde 2014 que a ET é associada da UACS.
A UACS através das suas 15 associações, serviços e gabinetes técnicos, procura dar resposta às suas questões, tendo por objectivo o desenvolvimento do comércio e dos serviços.
Assim, e destancado as empresas no mercado como factor de empreendorismo e destaque, UACS presta serviços nas seguintes áreas:
  • Formação Profissional
  • Contabilidade e Fiscalidade
  • Medicina no Trabalho
  • Associativismo
  • Económico e Financeiro
  • Jurídico
  • Médico
  • Apoio e suporte em feiras das diversas áreas do comércio

CC - Portugal

A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa é uma associação empresarial privada ao serviço das empresas portuguesas desde 1834, que promove em particular o desenvolvimento dos seus associados a nível nacional e internacional.
Contam com uma vasta rede de associados espalhados pelo país e dos mais diversos sectores de actividade.
Com um trabalho diário de apoiar as empresas associadas no seu crescimento, afirmam-se como um parceiro privilegiado para a internacionalização da economia nacional e promotores da ligação entre as PME  e as grandes empresas.

Sociedade Ponto Verde

A Sociedade Ponto Verde é uma entidade privada, sem fins lucrativos, mas com uma missão crucial para um futuro sustentável: promover a recolha selectiva, a retoma e a reciclagem de embalagens em Portugal.
Assim, desde 1996, a Sociedade Ponto Verde, criada por um conjunto de empresas que colocam os produtos embalados no mercado, é um parceiro privilegiado para a reciclagem das embalagens, assegurando as condições necessárias para um ciclo de sustentabilidade praticamente infinito, contribuindo assim para o aumento da vida útil dos materiais e para a preservação do ambiente.
Tem como missão gerir e organizar a retoma e valorização dos resíduos de embalagens através do Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens (SIGRE) - o Sistema Ponto Verde.

AITEX

Aitex é uma entidade privada, sem fins lucrativos, composta por empresas têxtis, cujo objectivo principal é melhorar a competitividade do sector. Por esta razão, é incentivada a modernização e a introdução de novas tecnologias emergentes, mediante a realização de projectos I+D, em geral, que visam contribuir para o progresso industrial do sector onde se desenvolvem.
Consequentemente, o trabalho do Instituto de Tecnologia Têxtil está intrinsecamente vinculado às industrias do sector, quer através de serviços técnicos avançados, quer através da realização de projectos de investigação em contrato com outras empresas e em regime de confidencialidade, ou através de projectos financiados com fundo público, revertendo os resultados para o sector onde se aplicam.

Notícias